junho 19, 2021

Elon Musk suspende venda de veículos da Tesla com pagamento em Bitcoin

By maio 14, 2021
Elon Musk suspende venda de veículos da Tesla com pagamento em Bitcoin Imagem: D.R

O CEO da Tesla, Elon Musk, informou nesta quarta-feira (12), a suspensão das vendas de veículos com pagamentos em Bitcoin, devido a preocupações ambientais, o que causou uma baixa brusca da principal criptomoeda.

Musk fez tais declarações na sua conta oficial do Twitter, depois do tão propalado efeito Musk que se vinha registando.

“Estamos preocupados com o rápido crescimento de combustíveis fósseis para mineração e transações com Bitcoin, especialmente carvão, que tem as piores emissões de qualquer combustível”, escreveu Musk.

Segundo o CEO da Tesla, a empresa não venderá seus Bitcoins porque pretende usar a criptomoeda novamente para transações comerciais assim que o processo de mineração se tornar mais sustentável. Ao ressaltar que o mercado de criptomoeda tem futuro promissor, porém Musk refere que isso não pode representar um custo grande para o meio ambiente.

Com essa divulgação de Musk, como já era de esperar, a cotação da criptomoeda, que já estava em um movimento de queda livre durante a semana, teve uma baixa de 11,94% em 24 horas.

O efeito Musk, desta vez negativo, não parou por aí. Das 10 maiores criptos por capitalização de mercado, 8 registraram queda no mesmo período, com destaque para a Dogecoin, que caiu 19,6% em 24 horas, e o Ethereum, com -12,4%.

Na terça-feira (11), a Securities and Exchange Commission (SEC), alertou para a volatilidade e a falta de regulação no mercado da criptomoeda. Em um comunicado, a equipa da Divisão de Gestão de Investimentos da SEC disse que incentiva qualquer investidor interessado em fundos mútuos com exposição ao mercado futuro da criptomoeda a considerar “cuidadosamente” sua própria tolerância ao risco e a possibilidade de perda.

O Portal de T.I, publicou muito recentemente, o resultado do estudo produzido na China pela revista "Nature Communications", que prevê o aumento das emissões de carbono, por consequência das chamadas minas de bitcoins que irão gerar mais de 130 milhões de toneladas de emissões para a atmosfera até 2024. Em um outro recente relatório, pesquisadores da Universidade de Cambridge, no Reino Unido afirmam que o processo de mineração de criptomoedas consomem cerca de 121,36 terawatt-horas (TWh) por ano, factores esses que com certeza pesaram na tomada de decisão de Elon Musk.

Joaquim Cassicato

Técnico de telecomunicações & Redactor.

© 2021 Portal de T.I Todos Direitos Reservados | Telefone: +244930747817 | E-mail: info@portaldeti.com