outubro 27, 2020

O Ministério das Telecomunicações, Tecnologias de Informação e Comunicação Social (MINTTICS) recebeu hoje (23), um sistema de medição de temperatura por imagem térmica, equipamentos de videoconferência, servidor, laptops e um dispositivo de armazenamento da empresa chinesa HUAWEI.

Além dos equipamentos tecnológicos, foi rubricado um memorando de entendimento entre o MINTTICS e a Huawei , que prevê formação de quadros na área das TIC.

O acto foi testemunhado pelo Ministro das Telecomunicações, Tecnologias de Informação e Comunicação Social, Eng. Manuel Homem.

Falando em nome do ministro, o Secretário de Estado para as Telecomunicações e Tecnologias de Informação, Mário Oliveira, sublinhou que a Huawei aposta muito na formação e é parceira do ministério e das empresas do sector.

“Com o apoio da Huawei vamos potenciar os nossos jovens, utilizando os meios tecnológicos para beneficiar o nosso mercado”, disse.

 

 

Fonte: MINTTICS

Com o objectivo de diminuir as importações de telemóveis e outros meios tecnológicos no país, o Presidente da República João Lourenço, inaugurou ontem(14) em Luanda - Zona Económica Especial (ZEE), a fábrica de montagem de telemóveis, computadores, tablets e acessórios electrónicos da marca Afrione.

A implementação da fábrica contou com as parcerias da Agência de Investimento Privado e Promoção das Exportações (AIPEX) e dos ministérios da Indústria e Comércio e da Economia e Planeamento, com a colaboração da multinacional Massey Ferguson.

No acto da inauguração, o ministro das Telecomunicações, Tecnologias de Informação e Comunicação Social, Manuel Homem, falando à imprensa, considerou ser um ganho importante para o sector a inauguração da fábrica de montagem de telemóveis em Angola, garantindo que a infraestrutura terá um reflexo sobre o preço dos telemóveis, tablets e computadoes no país.

Na inauguração, os Emirados Árabes Unidos (EAU) estiveram representados pelo Sheik do Dubai, Ahmed Dalmoor Al Maktoum, promotor do investimento referente a 65 milhões de dólares investido no projecto.

Por sua vez, a fábrica promoveu sessenta e três (63) postos de trabalhos para jovens que se destinaram na montagem dos mesmos, entre muitos, encontram-se alguns engenheiros de telecomunicações que tiveram a oportunidade de exercer os seus conhecimentos de formação.

Numa primeira fase a fábrica irá produzir três mil (3000) telemóveis por ano, diminuindo assim na importação de cerca de um milhão de telemóveis por ano, que leva o país a desembolsar mais de 150 milhões de dólares nos últimos tempos.

O ministro das Telecomunicações, Tecnologias de Informação e Comunicação Social, Manuel Homem, afirmou hoje, em Luanda, na cerimónia de relançamento do portal da empresa, que o evoluir das novas tecnologias veio colocar muitos desafios ao sector, devendo ser acompanhado de fortes investimentos.

“Hoje é um dia muito importante para a área dos correios, em que a divisa deve ser materializada no grande investimento nos recursos humanos, equipamentos e também nas infraestruturas. Ainda em 2021 deve-se concretizar o código postal. A pandemia obrigou a uma maior procura dos serviços de correios e o portal, aliado a outras acções, é a materialização da modernização, sendo possível transformá-la em igual a outras empresas”, disse o ministro.

O ministro espera que, esses serviços continuem a funcionar e que os seus suportes devem ser feitos com regularidade, contando com os apoios necessários por parte do Governo. “Por tudo que está a ser feito, continuaremos a monitorar, para que a qualidade dos serviços se mantenham, em benefício do país e dos cidadãos”, frisou.

Por sua vez, o presidente do conselho de administração da Empresa Nacional de Correios e Telégrafos de Angola – E.P., Walter Teixeira, expressou o compromisso da instituição em continuar a trabalhar arduamente na concretização dos seus propósitos e contribuir na arrecadação de mais receitas para o Estado.

Além de admitir que a Covid-19 veio dificultar alguns serviços da empresa, com a diminuição dos voos, o engenheiro destacou que, mesmo assim, tiveram um aumento de encomendas postais.

Exemplificou que dos 20 voos semanais anteriores, agora beneficiam apenas de quatro, com uma média de cerca de 20 mil encomendas. No acto, decorrido na sede da empresa, que também contou com as presenças dos secretários de estados das Telecomunicações e Tecnologias de Informação, Mário Oliveira e Nuno Caldas Secretário de Estado da Comunicação Social, foram homenageados dois antigos trabalhadores, no caso Fernando Faria e Félix Lourenço.

Quanto ao portal www.correiosdeangola.ao tem como principal objectivo facilitar o expedidor, que não precisará se deslocar às instalações dos correios, para saber das suas encomendas e outras situações. O utilizador poderá acompanhar a trajectória das suas encomendas. A apresentação do portal, foi feita pelo administrador executivo para área de tecnologia, Denilson Costa.

 

 

Fonte: MINTTICS

Na sequência do aniversário da Rádio Nacional de Angola (a maior rádio no país), o Ministro das Telecomunicações Tecnologias de Informação e Comunicação Social, Manuel Homem,  endereçou as suas mais vivas felicitações ao seu Conselho de Administração e colectivo de trabalhadores, desejando-lhes êxitos no seu trabalho de manter bem informado o povo angolano.

Encorajou a RNA a prosseguir na senda do respeito pelos princípios da deontologia e da ética profissional, garantindo, assim, uma informação plural, independente, rigorosa, isenta e responsável, para que mereça o crédito permanente de todos os cidadãos. 

Lê-se em comunicado, "neste sentido, incentivo-a a continuar a promover o debate organizado e sério de ideias e a garantir a participação democrática dos cidadãos no exercício da liberdade de expressão, para que, dessa forma, contribua na formação e consolidação de uma opinião pública informada, patriótica, crítica e consciente".

A Rádio Nacional de Angola completa 43 anos, desde a data da sua fundação, a 05 de Outubro de 1977.

O Ministro das Telecomunicações, Tecnologias de Informação e Comunicação Social, Manuel Homem, reforçou, hoje(01) a necessidade urgente de modernização dos serviços da Edições Novembro, RNA e TPA, numa jornada de campo que efectuou às infraestruturas técnicas dos órgãos públicos de imprensa, nos municípios do Cazenga e Viana, em Luanda.

Manuel Homem anunciou que o programa de migração digital da TPA está na fase piloto e vai permitir o acesso a todo o território nacional da televisão digital por satélite.

”O sinal ainda é analógico, mas já foi feita a revisão dos transmissores para aumentar o acesso gratuito em sinal aberto”, disse.

O Ministro defendeu, por outro lado, uma programação da Rádio Viana e Cazenga voltada aos municípios com o retrato fiel da realidade local e um serviço de comunicação que atende aos anseios da comunidade, principalmente, os jovens.

O Ministro Manuel Homem iniciou a jornada de campo no parque Gráfico da Edições Novembro no Cazenga, onde se faz a impressão e pré-impressão dos jornais e terminou no Centro Emissor da RNA e TPA em Viana.

Manuel Homem manifestou-se preocupado com a ocupação ilegal do terreno da zona onde está instalado o Centro Emissor da TPA e RNA e apelou à correcção do problema com a intervenção da Administração Municipal de Viana.

Acompanharam o Ministro no périplo de trabalho, o Secretário de Estado para Comunicação Social, Nuno Caldas Albino, Directores Nacionais do Ministério e Presidentes dos Conselhos de Administração dos órgãos públicos de Comunicação Social.


Fonte: MINTTICS

Pág. 1 de 3
© 2020 Portal de T.I Todos Direitos Reservados | Telefone: +244930747817 | E-mail: info@portaldeti.com