janeiro 24, 2021

«NINJA» QR CODE

By dezembro 08, 2020

Todos nós, a cada dia somos impactados por siglas que derivam de muitos estrangeirismos relacionados com a tecnologia.

As siglas são mais fáceis de decorar, soam bem, e quando ditas em inglês dão sempre um ar mais «inteligente» a quem as pronuncia. Não se esqueça é de fazer bonito, quando alguém perguntar: Hey, o que é que isso significa afinal?

Vou começar por aquelas siglas que estão top of mind em qualquer networking 4.0, fazem capa de revista e abrem grandes fóruns TIC´s:

  • AI – Artificial intelligence (inteligência artificial)
  • AR – Augmented reality (realidade aumentada)
  • IOT – Internet of things (Internet das Coisas)
  • VR – Virtual reality (realidade virtual)

Agora vou introduzir uma sigla que não dá tanto nas vistas, mas que, muito provavelmente está mais presente na sua vida do que qualquer outra trend dos tempos modernos:

  • QR Code – Quick Response Code (código de resposta rápida)

Nada mais nada menos, do que a evolução do código de barras tradicional (usado para a identificação de produtos).  O QR code, é agora bidimensional e pode ser lido pelas câmaras de qualquer smartphone com ou sem recurso de apps adicionais. Podia dizer que o QR Code permite hiperligação para endereços web, localização georreferência ou informações de contacto, mas na verdade, o QR Code abre um mundo novo de possibilidades e interações entre pessoas e coisas.

O QR Code pode ser usado pelo Marketing de Conteúdo, Logística, Museus, Grande Consumo, Gestão de acessos, Segurança, Eventos, Check in/ Check out, Meios de Pagamento, you name it… pois o limite é tão somente a sua criatividade.

O sucesso do QR code tem quanto a mim o seu «caboco» em 3 coisas fundamentais:

  • Simplicidade: É grátis e fácil de gerar.
  • Mobile: 91% dos utilizadores de internet usam o smartphone pelo menos uma vez ao dia para navegar - date reportal source -
  • Uso universal: Qualquer sector, qualquer idade, qualquer classe social pode usar.

Algo tão eficaz como eficiente só poderia ter sido criado pelo Japão. Povo reconhecido pela tremenda capacidade de realização e elevada discrição, tipo Ninja!

Hoje aprendemos que nem sempre as pedras preciosas que brilham mais, são na verdade, as mais valiosas. Tenho dito! 

Luís Catuzeco José

Luis Catuzeco José é um entusiasta pela partilha de conhecimento e debates sobre temas relacionados com novas tecnologias e sociedade.

© 2020 Portal de T.I Todos Direitos Reservados | Telefone: +244930747817 | E-mail: info@portaldeti.com