outubro 27, 2020

Remote work

By outubro 01, 2020
Remote work Imagem: D.R

Estive recentemente numa reunião que poderia definir o momento 4.0 que vivemos actualmente. Recebi o convite via Linkedin, por alguém que não fazia parte da minha rede nem tinha comigo nenhum contacto em comum. Não foi preciso ter estado fisicamente e no passado com o «John» (nome fictício) ou ter trocado cartão de visita com ele, para ele me encontrar online e solicitar um catch-up, conversa sobre negócios.

Todos os passos do networking da era digital foram cumpridos:

  • Convite Linkedin aceite
  • Mensagem com a apresentação da empresa do John
  • Pedido de reunião aceite

Na reunião não pude deixar de notar que nos interlocutores da empresa do John havia muita multiculturalidade (pessoas de várias origens), diversidade de idade (quadros juniores e seniores), deslocalização (colaboradores falavam a partir de múltiplos países do mundo), em resumo: globalização + digitalização.

A conversa de “quebra gelo”, foi naturalmente os efeitos do Covid-19, e logo chegamos ao denominador comum da necessidade de se trabalhar de forma remota face ao modelo antigo. Tudo isso me fez reflectir sobre a definição de «ir trabalhar».

Já repararam que o significado de «ir trabalhar» mudou? Antigamente, ir trabalhar significava:   

  1. Acordar cedo
  2. Sair de casa
  3. Cumprir um horário de trabalho
  4. Regressar à casa e “deixar o trabalho no escritório”

Actualmente, nenhum dos pontos acima corresponde fielmente a verdade.

  1. Já não precisamos acordar tão cedo como antigamente
  2. Já não precisamos sair de casa
  3. O horário de trabalho = a disponibilidade e conectividade para se trabalhar
  4. A tua casa é teu novo escritório 

O local de trabalho como tal está em desuso. Progressivamente, vamos eliminando as expressões «Foste trabalhar hoje?» ou o «Onde trabalhas?» 

Ou seja, «ir trabalhar» agora significa somente «estar a trabalhar». Já não existe movimento de ida/regresso do trabalho. O senão, é que em homeoffice, dormimos todos os dias no trabalho e quando acordamos já estamos potencialmente em horário de trabalho. 

Parece uma fatalidade?

Na verdade, existe uma opção mais zen do trabalho-fora-do-trabalho. O #Remote work é o trabalho verdadeiramente 4.0, aquele em que você trabalha anywhere (em qualquer lugar a sua escolha) e o teu escritório é apenas o dispositivo que te conecta à internet. 

Trabalhar em remote work é outro nível, mas para chegar lá, é necessário fazer “xeque-mate” ao mindset tradicional.

Se publicarmos (redes sociais) uma fotografia na praia e se alguém fazer o mesmo comentário do polícia-fronteira do aeroporto: Estás em business ou lazer?  Significa que ganhamos o jogo de xadrez. Tenho dito!

 

 

Luís Catuzeco José

Luis Catuzeco José é um entusiasta pela partilha de conhecimento e debates sobre temas relacionados com novas tecnologias e sociedade.

https://www.linkedin.com/in/luisjoseprofile/
© 2020 Portal de T.I Todos Direitos Reservados | Telefone: +244930747817 | E-mail: info@portaldeti.com